Autor de atentado em catedral é identificado; homem não tem antecedentes criminais

257


O autor do atentado na Catedral Metropolitana de Campinas foi identificado pela Polícia Militar. Euler Fernando Gandolpho, de 49 anos foi o responsável pelo ataque. As autoridades encontraram os documentos do atirador dentro de uma mochila em um canto da igreja. A CNH, Carteira Nacional de Habitação, indicou que ele reside em Valinhos.

O delegado José Henrique Ventura confirmou, em coletiva, que ele agiu sozinho. “Não temos informações sobre motivação. O vídeo que temos prova que ele estava sozinho e que a intervenção da polícia evitou um mal maior”.

Questionado sobre o roteiro do atirador, o delegado explicou que uma pessoa foi morta logo que o criminoso iniciou o ataque. “Aparentemente não há relação entre o atirador e as vítimas. [O que se sabe é que] ele chegou na igreja, sentou-se por pouco tempo, levantou e começou a atirar. Matou de pronto uma pessoa, feriu outra e então foi atrás das outras pessoas. Na troca de tiros levou um tiro, porém ele se suicidou”, narrou.

Dos quatro sobreviventes, três foram liberados e um segue em atendimento. Ainda de acordo com o delegado, o atirador estava em posse de quatro carregadores com suporte para 22 balas cada. Ele teria descarregado dois.

Fonte: Jovem Pan

Autor: Jovem Pan

Facebook Comments