Bolsonaro quer revogar decreto ambiental no RJ e criar “Cancún brasileira”

O presidente Jair Bolsonaro disse que pretende usar recursos do fundo soberano da Arábia Saudita para criar um balneário na baía de Angra dos Reis (RJ) repleto de resorts inspirado em Cancún, no México.

29

O presidente Jair Bolsonaro disse que pretende usar recursos do fundo soberano da Arábia Saudita para criar um balneário na baía de Angra dos Reis (RJ) repleto de resorts inspirado em Cancún, no México. Ele jantou nesta terça-feira com o rei Abdullah II, da Jordânia, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, o assessor especial e genro de Donald Trump, Jared Kushner, e o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, na última noite de seu giro pela Ásia e pelo Oriente médio, em Riade, capital saudita.

Os ministros das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, falaram que o fundo soberano saudita, o Fundo de Investimento Público (PIF), decidiu “investir por conta de US$ 10 bilhões no Brasil”. Nenhum investimento específico foi anunciado, nem foram definidas datas ou prazos para o início dos aportes.