Defesa consegue liminar para soltar Marconi Perillo, diz advogado

6


Wilson Dias/ABr“Temos absoluta convicção na inocência plena do Marconi”, diz advogado do ex-governador

A defesa do ex-governador de Goiás, Marconi Perillo, preso na quarta-feira enquanto prestava depoimento na Polícia Federal, conseguiu liminar para sua soltura. O advogado de defesa, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, divulgou a informação em comunicado obtido pela Jovem Pan.

O advogado afirma que a prisão era “ilegal, arbitrária e infundada e de certa maneira afrontava outras decisões de liberdade que já foram concedidas nesta mesma operação”. Ele reforça que a defesa “não tem nenhuma preocupação com os fatos investigados”.

“Temos absoluta convicção na inocência plena do Marconi. O que pedimos, desde o início, é o respeito às garantias constitucionais. Ninguém esta acima da lei e apoiamos toda e qualquer investigação, mas sem prejulgamentos e sem o uso desnecessário de medidas abusivas”, completa.

O caso

O ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), prestava depoimento à Polícia Federal em Goiânia, na tarde desta quarta-feira (10), quando teve sua prisão decretada. O tucano é suspeito de ter recebido R$ 12 milhões em propina de empreiteiras nas eleições de 2010 e 2014, após delações da Odebrecht na Operação Lava Jato.

Além do político, que este ano concorreu a uma vaga no Senado Federal, mas não foi eleito, outras cinco pessoas ligadas a ele foram presas: Jayme Rincón, o filho dele, Rodrigo Godoi Rincón, Márcio Garcia de Moura – policial militar e motorista de Rincón –, o empresário Carlos Alberto Pacheco Júnior e o advogado Pablo Rogério de Oliveira.

Fonte: Jovem Pan

Autor: Jovem Pan

Facebook Comments