Disney e Starz estão em uma briga por causa do lançamento do Star +

18

A Disney está pronta para lançar seu serviço autônomo de streaming Star + na América Latina em agosto, mas a Starz entrou com queixas no México, Brasil e Argentina alegando que a Disney está infringindo sua identidade de marca e que o serviço que será lançado em breve só confundirá os consumidores.

Em uma tradução para o idioma inglês das reclamações vistas por The Verge e relatado anteriormente por O envoltório, Starz argumenta que o serviço “Star Plus” da Disney – que hospedará conteúdo da Disney, FX, 20th Century Studios e National Geographic, bem como originais da Star – soa muito foneticamente semelhante a sua própria oferta StarzPlay, também disponível nas regiões onde foi apresentado suas reclamações.

Starz, uma oferta de cabo premium e aplicativo de streaming, opera com o nome desde meados da década de 1990 e agora está presente em 58 países. Seu próprio serviço, StarzPlay, está disponível na América Latina desde 2019. Disney’s Star – um serviço oferecido em mercados internacionais e aninhado dentro do Disney Plus – lançado oficialmente em dezembro. Star +, entretanto, é pronto para lançar como uma única oferta de serviço na América Latina em 31 de agosto.

“As duas empresas são atualmente concorrentes diretas no mercado mexicano, o que faz com que se concretize uma concorrência desleal, principalmente se for considerado que se trata dos mesmos serviços”, afirma a denúncia do México.

Obtido para comentar, um porta-voz da Starz disse que a empresa "não tinha escolha a não ser defender seus direitos e tentar evitar qualquer confusão do cliente entrando com processos de violação de marca registrada" no Brasil, México e Argentina contra a Disney pelo uso de "Star" e várias iterações do título do serviço.

A Disney não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A empresa anunciou em maio que seu serviço Star + seria lançado oficialmente para os consumidores no final de agosto. Na época, Diego Lerner, presidente da The Walt Disney Company Latin America, disse em um comunicado que o serviço proporcionaria "uma experiência personalizada nunca antes vista".

“A força do conteúdo, que incluirá toda a ESPN, torna o Star + uma oferta única e relevante com sua própria identidade que se tornará um serviço digital reconhecido, independente do Disney Plus”, disse Lerner. “Dito isso, sua chegada representará um serviço complementar ao Disney Plus e consolidará a presença da The Walt Disney Company no mercado de streaming da América Latina.”

Fonte: The Verge