Dólar sobe e atinge o valor de R$4,10, com possibilidades de alta!

65


O dólar comercial fechou em alta de 0,07% nessa segunda (21), chegando a R$ 4,1050 em preço de venda. Essa cotação é a maior em oito meses, em um dia no qual houve maiores declarações sobre a reforma da previdência e com atuações do Banco Central no mercado cambial.

Após a grande volatilidade ocorrida na semana passada, a moeda norte-americana registrou a maior valorização desde agosto do ano passado, fazendo com que a nova semana se iniciasse com uma tentativa de acalmo de ânimos. Entretanto, o presidente Jair Bolsonaro deu mais uma declaração fervorosa, na qual afirma que a classe política é o grande problema do país.

Além disso, outro problema que afeta no valor do dólar é a discussão sobre a Reforma da Previdência. Para Ricardo Gomes, diretor da Correparti, o preço do dólar é resultado da ausência de um consenso entre o governo e o legislativo em relação a reforma previdenciária.

Dessa forma, Bolsonaro comentou sobre o rumores de que os parlamentares estejam preparando uma nova reforma. “Se a Câmara e o Senado têm proposta melhor, que ponham em votação”, afirmou em um evento que ocorreu no Rio de Janeiro.

Variações do Dólar em 20 de Maio

Logo após a abertura, a moeda iniciou o dia com uma mínima de R$ 4,0783 (-0,58%). Entretanto, por volta de 12h30, o dólar ganhou força e conseguiu atingir o valor de R$ 4,12 (+0,51%), mas teve baixa a partir das 13h na sequencia da definição da taxa Ptax.

Assim, a Ptax é uma média de cotações avaliadas pelo Banco Central, que serve para referência de liquidação de contratos futuros e outros derivativos. Dessa forma, as alterações dessa taxa tendem a deixar o mercado financeiro volátil próximo ao fim do mês, devido aos vencimentos de futuros contratos.

Veja também: Bolsonaro confirma mudanças na pontuação e validade da CNH.

Leilão do Banco Central e Reforma da Previdência

Outro fator que influenciou na alta do dólar nessa segunda feira foi o leilão realizado com intervenção do Banco Central. Assim, o banco vendeu todos os 5.050 contratos de swap cambial que eram ofertados em rolagem. Posteriormente, negociou o lote de US$ 1,25 bilhão em rolagem de linhas de dólares. Outros leilões no mesmo estilo acontecerão na terça e na quarta.

Já em relação a Previdência, o estrategista, o estrategista chefe de um banco estrangeiro afirma que é necessário uma coordenação, visto que Bolsonaro e Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Vereadores, estão em completa desarmonia.

Dessa forma, há dificuldades para juntar a quantidade necessária de votos para a aprovação do texto, visto que as duas autoridades não conseguem se juntar e entrar em um consenso para o mesmo objetivo.

Dólar deve se manter esse patamar nos próximos dias

Devido as incertezas presentes no cenário externo e na política brasileira, analistas financeiros afirmam que o valor de venda do dólar deve se manter na casa dos R$ 4,00 durante os próximos dias. Além disso, há a possibilidade de que valores superiores a R$ 4,10 sejam atingidos ao longo da semana.

Assim, para a economista-chefe da Ourinvest, Fernanda Consorte, é preciso atenção para o cenário externo, visto que é uma semana bastante pessimista para o mercado financeiro brasileiro. A economista também afirma que a situação não deve melhorar nos próximos pregões, visto a situação geral.



Fonte: Edital Concursos Brasil

Autor: Ana Flávia Gonzaga

Facebook Comments