Em dias frios, ações de voluntários alivia sofrimento de quem mora nas ruas

13


DARIO OLIVEIRA/ESTADÃO CONTEÚDONos últimos dias os recordes de frio foram registrados em diversos estados do país, principalmente nas regiões Sudeste e Sul

Em paralelo às campanhas de agasalho, cidadãos se unem para distribuir roupas e cobertores durante o inverno. Os recordes de frio foram registrados em diversos Estados do país, principalmente nas regiões Sudeste e Sul.

As mortes de moradores de rua devido às temperaturas extremas motivaram pessoas comuns a se organizarem em bairros e cidades para contribuir com as próprias mãos. Elas contam também com a participação de ONGs nas ações.

Esses cidadãos utilizam sites de arrecadação de recursos para viabilizar o atendimento à população em vulnerabilidade.

É o caso de André Roberti, de São Paulo, que é palestrante e utilizou os contatos do próprio trabalho para que mais pessoas se envolvessem na ideia.

“Uma pessoa do meu leque de relacionamento me propôs fazer uma ação para coletar cobertores para ajudar moradores de rua e eu aproveitei as minhas redes sociais, fizemos uma vaquinha e isso tomou uma proporção muito grande.” André conseguiu arrecadar mais de R$ 22 mil, que serão investidos em mantas e roupas.

Já um grupo de amigos da cidade de São Sebastião, no litoral de São Paulo, também resolveu se movimentar em prol dos moradores de rua. Maria Beatriz da Fonseca, Everton Prado e Gabriel Brito Damasceno tiveram a ideia de iniciar uma campanha, a São Sebá Sem Frio.

Gabriel, porém, destaca que esse tipo de iniciativa ainda gera bastante desconfiança. “Uma das dificuldades que nós enfrentamos foi a pouca aceitação e pouca contribuição, talvez porque as pessoas ficam desconfiadas. Mas tiveram boas pessoas que aderiram à causa.”

Outro grupo formado por amigos é o Anjos da Leste, que não tem ligações políticas ou religiosas. A coordenadora do movimento, Renata Scalan, explica a importância das arrecadações online para aproximar as campanhas da população.

“É muito importante a iniciativa da vaquinha online porque assim as pessoas podem fazer suas contribuições através de boleto ou cartão de crédito, o que facilita para todos.”

As Campanhas de Agasalho organizadas pelos governos estaduais ainda ocorrem em todo o país e ONGs também se mobilizam para ajudar a população em vulnerabilidade.

Só no Estado de São Paulo, sete moradores de rua foram encontrados mortos em meio às temperaturas extremas durante o inverno.

*Com informações do repórter Matheus Meirelles

Essa notícia foi extraída do site da Jovem Pan.

Fonte: Jovem Pan

Autor: Jovem Pan

Facebook Comments