Governo estuda privatizar auxílio-doença

Proposta daria a empresas privadas a responsabilidade por benefícios como auxílio-doença e acidentes de servidores.

12

O governo federal planeja apresentar uma proposta para privatizar benefícios como auxílio-doença e acidentes para servidores públicos. A mudança se aplicaria a funcionários da União, estados e municípios. Segundo o governo, a privatização atenderia sobretudo cidades pequenas, cujos regimes não seriam tão preparados, por exemplo, para riscos de acidentes em larga escala. Em outubro, o Ministério da Economia preparou um projeto para privatizar também a gestão do auxílio-doença, auxílio-acidente e salário-maternidade dos trabalhadores da iniciativa privada, mas a proposta enfrenta resistência no Congresso.