Johnny Depp afirma que sofreu abuso físico e emocional de Amber Heard

54


Documentos usados em processo de Depp contra Amber vazaram

DivulgaçãoJohnny e Amber se conheceram nas gravações de filme

A briga judicial entre Johnny Depp e Amber Heard parece não ter data para acabar. Desta vez, documentos antigos obtidos pelo E! News mostram que o ator afirma que Heard “pintou os hematomas” e que ela o causou “danos físicos sérios”. Ele ainda a acusa de, na época da suposta agressão que sofreu, a então esposa estava sob a influência de drogas e álcool.

Segundo Depp, o abuso não foi somente físico, mas emocional. Ele cita uma ocasião em que um amigo de Amber teria defecado em sua cama como algum tipo de “pegadinha absurda”.

“Como resultado de anos de abuso doméstico que sofri nas mãos da Sra. Heard, eu resolvi me divorciar”, explica o astro de “Piratas no Caribe”.

Suas alegações contradizem a versão de Amber, que requisitou o fim do processo. Os documentos que ela usou para embasar o caso incluíram fotos dela em que aparece machucada, danos na casa que teriam sido causados por Johnny e troca de mensagem de texto.

O advogado de Amber, depois do depoimento vir à tona, negou todas as acusações. “As evidências deste caso são claras: Johnny Depp batey repetidas vezes em Amber Heard. As medidas desesperadas do Sr. Depp e seu staff para reviverem sua carreira baseando-se em notícias falsas não estão enganando ninguém.”

Depp e Heard chegaram a um acordo de divórcio em agosto de 2016, com Amber recebendo 7 milhões de dólares. Mesmo assim, ao longo dos anos, eles seguiram trocando acusações. O ator moveu um processo de difamação contra a ex, após ela escrever um artigo detalhando o abuso doméstico que sofreu.

Fonte: Jovem Pan

Autor: Jovem Pan

Facebook Comments