Lady Gaga se revolta com lei que proíbe o aborto no Alabama

38


ReproduçãoLady Gaga publicou texto de repúdio à lei contra o aborto

Lady Gaga se revoltou com a aprovação de lei que proíbe o aborto no Alabama, nos Estados Unidos. A cantora classificou a nova norma como “hedionda”.

De acordo com o novo texto, todo tipo de aborto agora é ilegal, independentemente do tempo de gestação. Médicos que desrespeitarem a lei podem encarar de 10 a 99 anos de prisão.

“É ultrajante banir o aborto no Alabama e ponto. Mais hediondo ainda é tirar o direito de quem sobreu estupro ou teve casos de incesto”, escreveu Gaga.

“A pena agora é mais dura para médicos do que para a maioria dos estupradores?”, questionou.

A cantora ainda disse que a lei é “um absurdo” e expressou seu apoio para as mulheres do estado: “Eu amo você, Alabama. Estou rezando por todas as mulheres e meninas”.



Fonte: Jovem Pan

Autor: Jovem Pan

Facebook Comments