Líder do governo na Câmara reclama do distanciamento entre Maia e o Planalto

52


Michel Jesus/Câmara dos DeputadosMajor Vitor Hugo (PSL-GO) protagoniza embate entre presidente da Casa e Planalto

Em meio à tensão que atinge a relação entre o Executivo e o Legislativo, o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO) explicou nesta quarta (22) os motivos que teriam levado à discussão entre ele e o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). O debate, ocorrido na noite desta terça, resultou no rompimento do presidente da Casa com o Planalto.

Através do Twitter, Vitor Hugo reclamou do distanciamento de Maia com o governo e disse querer ter somente uma relação “funcional” com o presidente da Câmara. “[Eu] havia tentado de todas as formas aproximação [com Maia] desde o início do mandato, sem sucesso”, escreveu o deputado. “Quero ter relação funcional e não pessoal com ele”.

A crise entre os poderes, que já vinha se intensificando há algumas semanas, aumentou depois que Vitor Hugo publicou uma charge nas redes sociais na qual Maia aparece carregando um saco de dinheiro. Os dois se encontraram na reunião do Colégio de Líderes da Câmara desta terça e debateram o assunto.

Ao fim da reunião, em entrevista coletiva, Maia anunciou o rompimento com o líder do governo, segundo ele, sem volta. “Um deputado que ataca o Parlamento nas redes com uma charge, comigo não tem conserto”, disse o presidente, amenizando os impactos da crise para a pauta do Legislativo. “A Câmara vai aprovar a reforma da Previdência porque sabe da sua importância e não está preocupada com o líder do governo. Nem com o governo”.

Na publicação desta quarta, Vitor Hugo relativizou as declarações de Maia e disse ainda querer “caminhar com as propostas que o País precisa independentemente de personalismos. Há muito a ser feito”.




Fonte: Jovem Pan

Autor: Jovem Pan

Facebook Comments