Maia realiza reuniões informais com deputados para debater pautas do 2º semestre

12


Luis Macedo/Câmara dos DeputadosNas conversas, entraram projetos que devem ser prioridade no próximo semestre, como a lei que flexibiliza o licenciamento ambiental

Com a proximidade do recesso parlamentar, que inicia no dia 18 e vai até o dia 31 de julho, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está realizando uma série de reuniões informais com deputados ao longo dessa semana para debater a pauta do segundo semestre da Câmara.

Ele recebeu deputados do seu partido nesta segunda (15) e algumas lideranças do Centrão nesta terça-feira (16). Nas conversas, entraram projetos que devem ser prioridade no próximo semestre, como a lei que flexibiliza o licenciamento ambiental. Outra pauta que ficará para agosto é o segundo turno da reforma da Previdência.

O plano é que a autonomia do Banco Central e a reforma regimental sejam debatidas em setembro.

A reforma tributária, por sua vez, tem sido alvo de polêmicas. Apesar de Maia encabeçar o projeto de Baleia Rossi (MDB-SP), há um certo atrito com o Senado que tenta emplacar o texto do ex-deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), em busca de protagonismo.

Ainda em fase de gestação na Câmara dos Deputados e já gerando disputas entre o governo e o Legislativo, a reforma tributária pode gerar o maior imposto sobre valor agregado (IVA) do mundo. O impacto seria resultado da alíquota de 30% (ou mais) para o novo Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS) que incidiria sobre o consumo.

* Com informações do Estadão Conteúdo

Essa notícia foi extraída do site da Jovem Pan.

Fonte: Jovem Pan

Autor: Jovem Pan