Mauro Cezar critica braçadeira dada a Rodinei: “Não tem cabimento nenhum”

7
Mauro Cezar relaciona “erros imperdoáveis” de Paquetá e Vitinho com “ambiente contaminado” no Fla


O Flamengo enfrentou o Volta Redonda no último sábado (16) em uma partida sem gols. Quem recebeu a braçadeira de capitão rubro-negra foi Rodinei, muito vaiado no Maracanã por ter perdido um gol feito no clássico contra o Vasco. O jornalista Mauro Cezar Pereira criticou duramente a decisão do técnico Abel Braga e afirmou não haver cabimento para o lateral entrar como capitão.

O comentarista da ESPN ironizou a escolha de Abel e disse que o técnico fez uma espécie de ‘promoção’ pela braçadeira de capitão.

— É promoção do Abelão: “perca um gol feito de forma displiscente nos instantes finais de um clássico, veja o adversário empatar, irrite a torcida e ganhe a braçadeira de capitão para o próximo jogo”. Não tem cabimento nenhum – disse.

Mauro Cezar afirmou que o gol perdido por Rodinei no clássico contra o Vasco foi um erro grave e que não pode acontecer em outras competições como Campeonato Brasileiro ou Libertadores da América.

— O jogador bem pago, bem alimentado, treina bem, condições de trabalho. O gol que o Rodinei perde é grave. Nesse foi só pela rivalidade. Mas se é em um jogo de Libertadores ou em um Brasileiro por pontos corridos brigando por posição e deixa dois pontos escapar por causa disso é complicado. E a torcida furiosa, é um jogador que já é marcado por atuações ruins, falhas defensivas constantes e que desperdiçou uma chance de ouro. Aí depois ganha a braçadeira. As pessoas falam “é pra dar força pro jogador”. Eu acho que isso é um atraso do nosso futebol. Essa balela de que tem que dar apoio. O que é isso aqui, consultório psicológico ou um clube de futebol? Ele errou porque foi displicente e tem que ter cobrança profissional. Não tem que pregar na cruz, não tem que mandar embora, nada disso. Mas tem que ter cobrança. A braçadeira é pra simbolizar o que? “Você errou mas acredito em você?” É claro que acredita, tá escalando, se não, não escalaria – finalizou.

O próximo desafio rubro-negro é na terça-feira (19), contra o Madureira. A partida é válida pela Taça Rio e acontecerá no Maracanã, às 20h30 (de Brasília).

Fonte: Coluna do Flamengo

Author: Coluna do Flamengo

Facebook Comments