Petrobras quer prazo maior para definir quais áreas vai explorar

20


Fernando Frazão/ Agência BrasilEstatal tem 254 áreas petrolíferas sob concessão

Com 254 campos terrestres e em águas rasas sob concessão, a Petrobras quer um prazo maior para decidir em quais deles quer continuar investindo e quais pretende transferir à iniciativa privada a partir de plano em curso na estatal.

O pedido feito pela empresa petrolífera foi divulgado nesta sexta-feira (11) pelo diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone. A ANP havia determinado que a Petrobras fizesse a escolha no ano passado.

Oddone disse que a agência deve conceder novo prazo, mas não adiantou nova data. “Os desinvestimentos estavam sendo conduzidos atendendo aos interesses e o tempo da Petrobras, mas nós decidimos interferir e regular isso”, disse.

A avaliação do diretor da ANP é de que a devolução dos blocos que não interessem à agência devem ser vendidos pela estatal “o mais rapidamente possível” ou devolvido à própria agência para que ela mesma possa inclui-los em “oferta permanente de áreas”.

A avaliação do diretor é de que a colocação desses campos no mercado daria maior dinamismo e incrementaria o setor de exploração dos campos terrestres ou em águas rasas no País, trazendo novas empresas e investimentos para a indústria do petróleo.

*Com informações da Agência Brasil

Fonte: Jovem Pan

Autor: Jovem Pan

Facebook Comments