Rio Pinheiros entra nesta terça em nova etapa de limpeza; Governo projeta vida aquática para 2022

12


Felipe Rau/Estadão ConteúdoDe acordo com o secretário, a previsão é de que a etapa de desassoreamento dure um ano; governador João Doria estipulou 2022 para despoluição

Tem início nesta terça-feira (16) o processo de desassoreamento do Rio Pinheiros. De acordo com o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, Marcos Penido, há locais em que o Rio tem apenas um metro de profundidade.

“Desassoreamento é uma limpeza. Ao longo do tempo, pelos afluentes, chegam sedimentos, areias, que vão se acumulando no fundo do Rio. Em alguns pontos o Rio Pinheiros não tem nem um metro de profundidade de tanto sedimento depositado de forma irregular.”

Marcos Penido aponta que este processo vai melhorar a qualidade da água. “O rio está mais raso. O que vamos fazer é aprofundá-lo. Quanto maior o volume de água, mais é a dissolução dos poluentes. Isso ajuda no processo de despoluição.”

Segundo o secretário a previsão é que o desassoreamento dure um ano. Já a projeção para 2022, prazo estipulado pelo governador João Doria para a despoluição, o Rio terá a possibilidade de vida aquática, com boa visualização e sem cheiro.

*Com informações do repórter Daniel Lian

Essa notícia foi extraída do site da Jovem Pan.

Fonte: Jovem Pan

Autor: Jovem Pan