Tesla pediu o recall de 158.000 carros devido a falhas nas telas sensíveis ao toque

9

A Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário pediu a Tesla para recolher cerca de 158.000 veículos Modelo S e Modelo X que poderiam sofrer com falhas nas telas sensíveis ao toque, de acordo com carta publicada pela agência na quarta-feira. As falhas das chamadas "unidades de controle de mídia" nesses veículos podem interromper o acesso do proprietário à câmera de backup do veículo, controles de temperatura e sistema de assistência ao motorista do piloto automático da Tesla, aumentando o risco de colisão, afirma a agência de segurança.

O problema no centro do defeito que a NHTSA quer consertar envolve chips de memória flash desgastados usados ​​nas telas de sedans Modelo S 2012-2018 e SUVs Modelo X 2016-2018. Cada vez que um proprietário liga um desses Teslas, ele consome a capacidade total do chip de memória flash NAND eMMC de 8 GB integrado no processador NVIDIA Tegra 3 que alimenta os monitores. Quando essa capacidade é alcançada, os monitores ficam bloqueados, Como Placa-mãe primeiro relatado em 2019.

NHTSA abriu uma investigação formal sobre o problema em junho passado, e disse na quarta-feira que a investigação ainda está em andamento, apesar do pedido para que Tesla retire os veículos. Não está claro se Tesla obedecerá. A empresa não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Em desenvolvimento…

Fonte: The Verge